Monday, 14 April 2014

Ele usava jeans, all star surrado, camiseta branca e suspensório. Ela não tinha prestado muita atenção nele, até então. Nesse dia ela não só prestou atenção nele, no que ele falava enquanto eles mantinham uma conversa paralela as conversas que rolavam na mesa, ela começou a stalkear ele antes na noite acabar. Alguns dias depois ela pediu para um conhecido chamá-lo para uma festa, uma em que ela só procurasse alguém com quem pudesse conversar. E ele veio. Veio não só com a conversa, veio com música... simplesmente veio. E ela não deixou mais ele ir embora, ela convidou ele pra dormir no sofá da sala da casa dela, não porque ela queria alguma coisa ele, afinal ela só gostava da conversa, mas porque ele já não tinha como ir para casa naquele horário. Ele foi, ela emprestou para ele dormir uma camiseta uns 4 números menor que ele e eles ficaram mais um bom tempo falando em sussros na sala. Até que uma hora ele tentou beijá-la. Ela virou o rosto. Ele não se intimidou e insistiu, ela retribuiu. Daqui 3 dias faz quatro anos desse beijo.... QUATRO FUCKING HAPPY YEARS!

Thursday, 30 January 2014

Menina magrelinha aguardava o onibus sair quando entrou um simpatico senhor de chapéu. Ela, educamente ofereceu seu lugar para ele sentar e ele mais educadamente ainda recusou e disse que preferia ir no fundo, em pé. Desejaram bom dia um ao outro e quando menina magrelinha achou que fosse passar a viagem sozinha, o simpatico senhor de chapeu começou a contar uma história. "Eu conheci minha namorada em 15 de julho de 1951. Ela era linda, ainda é. Estava com um amigo que me perguntou se eu iria conversar com ela, eu disse que não, eu iria casar com ela. Foi assim, eu já sabia na primeira vez que a vi. Começamos a namorar, ai no dia que fui levar ela em casa pros meus pais conhecerem tive uma surpresa. Meu pai aue nunca me falou nada dessa coisas de namoro (mas pra mim não precisava, eu não dava trabalho como meus irmãos) falou bem baixinho na minha orelha: onde vc arrumou uma namorada tão bonita? E eu só ri. Namoramos 4 anos e meio, ai um dia a irmã dela perguntou se eu tinha proibido ela de alguma coisa. Mas nunca proibi de nada pq está tudo aqui, e apontou pra cabeça. Sabe como é né minha jovem, naquela epoca as pessoas proibiam umas as outras, mas eu não, pq está tudo aqui (e mais uma vez apontou para a cabeça). Nesses 4 anos e meio viajamos o Braisl todo! Uma vez fomos num show e eu conhecia o cantor. Sabe aquela música Fascinação? Ele cantou pra ela depois do intervalo, falou que eu que ofereci, ela até chorou. Depois disso há 20 anos todo aniversário dela eu contrato um conjunto pra fazer uma serenata pra ela. Desde o primeiro dia eu a chamo de flor, pq ela é uma flor, tão linda! Hj eu chego em casa e qd não a vejo logo de cara grito: cade minha flor?? Ela sempre responde." E menina magrelinha teve que descer do onibus mas ficaria o dia todo ouvindo o simpatico senhor de chapéu. Ele se despediu da minha magrelinha desejando a ela um extraordinario dia! Ela retribiu os votos e espera encontrar mais vezes esse ou outros senhores simpaticos com suas lindas historias de amor.

Wednesday, 22 January 2014

Enquanto menina magrelinha se "esconde" na cabine do banheiro..

Tenho que descobrir se ele está me traindo mesmo ou não, disse a traida. Acho que você, além de descobrir se ele está te traindo, tem que descobrir quem é que vai em cima de quem, Disse a amiga 1. É porque é super importante saber quem começou. Como você vai fazer, disse a amiga 2. Depois de ouvir esse dialogo menina magrelinha ficou alguns mituos na cabine do banheiro para ouvir o resto da história. Traida: não, pq ele ta me traindo eu sei. Agora quero descobrir se é na rua ou em casa e quem foi que começou. Amiga 1: acho díficil ser em casa. Amiga 2: ué, mas se ele está sem trabalhar e fica o dia todo em casa, enquanto a traida está no trabalho pq não? Ele nem tem dinheiro pra fazer nada na rua. Traida: então, preciso de um jeito para descobrir Amiga 1: acho que vc tem que chamar a periguete para a sua casa, já que ela vai na sua casa mesmo (cara de pau) ai vc fica sabendo quem é que vai par cima de quem. Amiga 2: ahhh, e como ela vai fazer isso? vc acha.... na frente dela eles não vão fazer nada. vc é tonta? Amiga 1: claro que vão... eles são sem vergonha. Traida: eu posso chegar mais tarde que o combinado ou deixar os dois sozinhos várias vezes e ficar espiando Amiga 1: é uma boa mas se alguém ver... Amiga 2: vc tem ideia melhor? eu acho essa uma boa, é só pra saber quem vai pra cima de quem Traida: eu acho que é ela, ela é mto sem vergonha Amiga 2: vc fala isso pq ele não presta mais vc gosta. Fica sustentando o cara em casa sabendo que ele come outra. Traida: é... não... são muitos anos.. mas ela sempre foi sem vergonha, lembra do caso com o vizinho? Amiga 1: é verdade mas, como vai ser o plano. Traida: é... acho que vou fazer isso pra descobrir quem é que vai pra cima de quem e depois tento pegar no pulo. Amiga 1: boa, se precisar consigo um atestado. Ele vao achar que vc tá no trabalho ai vc chega e... Amiga 2: e vai ser qd? to nervosa.. se quiser vou na sua casa também Traida: ainda não sei mas vamos voltar se não vão perceber que saimos faz tempo, depois a gnt conversa. Vou pensar nos detalhes. Elas foram embora, menina magrelinha enfim saiu da cabinee agora está curiosa para saber não só detalhes, mas tbém que vai pra cima de quem e se ela é traida mesmo.

Saturday, 28 September 2013

Um tal de Sebastião Salgado

Sexta-feira, menina magrelinha recebe uma mensagem de sua amiga japonesa para ir tomar um suco de cevada depois do trabalho. Menina magrelinha convida a amiga para ir ver as fotos de um tal de Sebastião Salgado, lá na zl. No fim do dia, as duas se encontram na estação de trem da cidade onde trabalham e a amiga japonesa pergunta pra menina magrelinha como elas vão chegar lá. Menima magrelinha responde: fácil, vamos até a linha amarela e pegamos a vermelha! Amiga japonesa concordou e só comentou: vc quer mesmo ir até a zl numa sexta as 6 da tarde? E lá foram as duas... Na metade do caminho pra chegar na tal linha amarela amiga japonesa fala: - como a gente é cabeçuda! Se a gente tivesse ido de trem até o Braz, a gente ia andar SÓ duas estações na linha vermelha!!! Mas elas continuaram. Na linha vermelha elas descobriram como é ser sardinha enlatada. Mas elas foram rindo o caminho todo! Até quando numa das paradas do trem a amiga japonesa bateu com a testa na barra de segurança!
E elas chegaram na exposição de fotos! Adoraram, tiraram fotos, comentaram as fotos do tal Sebastião Salgado e foram depois tomar o suco de cevada. Ai, amiga japonesa de menina magrelinha resolve contar pro seu marido fotografo que estava numa exposição de fotos e manda uma foto de uma das fotos da exposição! Olha que lindo, vida. Fui com a menina magrelinha ver a exposição de um tal de Sebastião Salgado. Japonesa, vc já foi antes comigo numa exposição desse tal de Sebastião Salgado, lembra? ???? Lembro vida, claro! :/ Não, ela não lembra!!! Duas horas de depois a amiga japonesa estava contando que tinha ido ver um tal de Jorge...
A exposição do tal de Sebastião Salgado está no Sesc Belenzinho e vale MTO a pena ir ver.

Saturday, 31 August 2013

Eu não quis falar para não lhe magoar Então tentei esconder Mas deixei transparecer O que você fingia não saber Um dia você resolveu perguntar Para certeza poder ter E eu não tive o que fazer A não ser a verdade lhe dizer No começo você não entendeu Por um minuto até se ofendeu Mas depois de respirar Um abraço me deu Nesse momento eu entendi Que não precisava fingir E tudo que devia fazer Era a verdade sempre lhe dizer

Wednesday, 12 June 2013

Pro Gui - parte 4 (talvez?)

Nós não comemoramos o dia dos namorados, NUNCA. Mas mesmo assim todos os anos eu dou a ele uma camisa nova do palmeiras no dia 12/06, que esse ano ele não vai ganhar porque resolveu comprar sozinho. (Tonto dele que gastou uma grana com uma coisa que já sabia que ia ganhar). E todo ano tem um post aqui. O primeiro foi quando eu descobri o amor, depois eu agradeci por isso, no ano seguinte eu pedi desculpas por qualquer coisa que tenha feito. Esse ano eu apenas vou escrever. Nós não temos mimimi nas redes sociais, não ficamos nos pegando na frente dos amigos ou em qualquer lugar mas nem por isso somos menos felizes que os outros casais. Nós rimos juntos, rimos um do outro, aprendemos juntos e também um com o outro. Acho que melhoramos a cada ano, nos descobrimos e nos entendemos. Nos aceitamos. Não precisamos dar explicações, o que temos dentro do nosso apartamento do amor nós dois sabemos. Sabemos quando somos felizes, quando nem tanto. É onde temos as nossas manias, as nossas coisas, o nosso jeito. É onde os amigos sempre são bem vindos e onde nos escondemos do mundo quando queremos só a gente. É onde nos entendemos. (ah, e como nos entendemos!!) Hoje temos uma casa, uma gato e queremos uma cama nova. Temos planos, dividimos nossos planos. Nos apoiamos, nos amamos. Por tudo isso, de novo, eu só tenho a agradecer. Pelo amigo, companheiro, amante. Pelos sorrisos, pelas brigas, pelas conversas, pelos momentos de silêncio. Pelo carater, pelo coração e pelas coisas que me ensina. Por me fazer querer ser uma pessoa melhor. Hoje eu sei que tenho um ponto de fuga no meio da multidão.

Wednesday, 19 December 2012

As desvantagens de ser invisível

Há um tempo menina magrelinha assistiu a um filme chamado As Vantagens de Ser Invisível. O filme é espetacular. Narra a história de um garoto introvertido que acaba de entrar para o high school e tem que lidar com um dos maiores temores da adolescência: não ser aceito em nenhum grupo. Vale muito a pena ver!! O filme poderia ser a história de qualquer pessoa naquela fase da vida! Pensando nisso menina magrelinha resolveu enumerar as desvantagens de ser invisível. 1. Roda de amigos onde todos falam de um assunto comum ao grupo, menos a você. Por um tempo você se distrai com outras coisas, mas e depois? 2. Você programou várias coisas para fazer num dia X e na hora descobre que não vai rolar porque todas as outras pessoas envolvidas programaram outras coisas mas não te avisaram. Talvez não se interessarem pelas mesmas coisas que você, talvez por ser indiferente a sua presença ou simplesmente por não ligarem para o que você fala. Você ainda tem a opção de fazer as coisas que queria sozinha ou com outras pessoas! 3. Você faz parte de um grupo de amigos mas por algum motivo teve que se afastar dele e de repente percebe que ninguém deu a menor falta de você! Faça novos amigos, amigos que sentirão a sua falta! Aliás, amigos de verdade vão sentir a sua falta. 4. Vamos jogar e você sempre é o último a ser escolhido. As vezes até fica de fora por já ter o número certo de jogadores mas ninguém pensa em trocar de jogo. 5. Abrir mão das suas vontades/desejos pelos outros porque você simplesmente quer estar junto, fazendo parte, numa situação x, mesmo sabendo que não vai ser reconhecido ou que nunca fariam por você. 6. Lembrarem do seu aniversário somente uma semana depois quando você convidou para a festa. Mas sempre tem aquelas pessoas inesperadas que ligam para te desejar feliz aniversário no dia certo, lembre mais delas no ano seguinte. 7. Você combina alguma coisa com alguém. Se programa, espera, a pessoa não aparece e não dá nenhuma satisfação. Ou você liga e vê o que aconteceu ou antes de perder o dia, vai fazer outra coisa além de ficar esperando. 8. Você e seus amigos estão fazendo alguma coisa mas estão em vibes diferentes e ninguém percebe. Nessas horas é sempre bom ter um plano b, nem todas as pessoas tem limites ou os limites são bem diferentes dos seus. 9. Você sempre se preocupa com o que as pessoas querem ou gostariam mas ninguém se preocupa com você. Você sempre pode falar o que quer e não esperar que as pessoas adivinhem (até porque algumas pessoas não fazem o menos esforço para). Calma, calma! Menina magrelinha não está em crise, não vai pular da próxima ponte que encontrar! Menina magrelinha já conhece a história do Charlie e já enumerou algumas desvantagens de ser invisível. E pra você, quais são as vantagens e desvantagens de ser invisível?