Friday, 3 July 2015

Menina Magrelinha na exposição do Miró

Menina magrelinha adora ir passear em museus e perder horas olhando os quadrinhos nas paredes e ontem ela foi na exposição do Miró que está tendo em São Paulo. Exposição linda, cheia de famílias! E como as crianças são incríveis. Menina magrelinha estava lá observando esse quadro quando chegam pai e filha.
Pai: o que vc vê Filha: ué, três coisas Pai: três coisas, que coisas? Filha: coisas Pai:são três mulheres Silêncio por uns segundos. Filha: ahhh três mulheres! Menina magrelinha: e como vc sabe que são três mulheres (sim menina magrelinha se intrometeu na conversa alheia) Pai: é, como vc sabe? Filha: ué, pq são elas são bem parecidas Pai: eu vejo pererecas Filha: pai!!! Olha o que vc tá falando Silêncio por uns segundos. Filha: não vejo três pererecas. Vejo perereca aqui (apontando primeiro desenho). Uma bunda aqui (mostrandk segundo desenho), olha direito pai, é uma mulher de costas. E não sei na última. Menina magrelinha: eu vejo um peito Pai: é... Filha: ahh, aqui, vi! Pai: e pq "as partes" estão pintadas Filha: ai pai como vc é besta, pq elas estão de calcinha e sutiã, né?! Dãrrr

Friday, 12 June 2015

pro Gui - 5 anos depois

Faz cinco anos que Gui e eu não comemoramos o dia dos namorados. Nunca trocamos presentes nessa data, acho que nunca nem falamos feliz dia dos namorados (se falamos, desculpa amorrrr). Mas todo ano, nessa data, tem aqui um post cheio de amor. O que quer dizer que do nosso jeito a gente, talvez, comemore o dia dos namorados. Eu escrevo, ele fala "ounnn" e manda coraçãozinho e continuamos felizes até o próximo dia dos namorados! Esse ano o meu texto é pra dizer: Gui, nós somos lindos! Juntos somos mais lindos ainda!! Nós aprendemos a viver juntos e a gostar de viver assim. Aprendemos a nos entender, compreender e até aceitar. Passamos por coisas boas e ruins e aprendemos com cada uma delas. As vezes nos magoamos (não somos perfeitos, ainda bem) e nos curamos com abraços. Depois de cinco anos... Não consigo mais pensar na vida minha e não ter você nela! Meu coração ainda dispara quando vc chega em casa e acho que tem que ser assim pra vida toda, sinto sua falta quando ficamos longe (mesmo que só dois dias!!!), quero contar todas as coisas pra vc parecendo uma maluca e quero saber das suas, ainda adoro seus mimos (E SEUS BEIJOS) e te fazer mimos. Tenho muito orgulho de vc! Do homem que virou aquele menino que não desistiu quando eu virei o rosto antes do nosso primeiro beijo. Tenho orgulho de nós. Eu torço loucamente por vc. Eu me preocupo com vc. Vc me faz querer ser uma pessoa melhor, pra mim, pra vc e pra nós! Gui, a gente é o melhor da gente! (como todo amor que houver nessa vida) TS2

Friday, 13 June 2014

Pro Gui - já não sei qual parte

Como em todo dia dia dos namorados meu presente pro Gui é um post. Ontem foi copa, ficamos o dia todo fora, e em algum momento eu disse a ele que esse ano não tinha post. Ele fez um cara de como assim??? Então vamos lá. São 4 anos namorando, 3 morando junto e muita história pra contar. Algumas muitos felizes outras nem tanto.. mas relacionamentos são assim. Nesses quatro anos já teve post contando como nos conhecemos, como me apaixonei, agradecendo e pedindo desculpas! Ontem quando eu disse ao Gui que não tinha post eu disse que não tinha mais o que escrever, porque já tinha escrito tudo e, é... É isso! A gente se entende a nossa maneira, rimos de nós mesmos e aprendemos a conviver com nossas diferenças. A gente se apoia, a gente se cobra. A gente as vezes se magoa pede desculpas. A gente gosta do nosso passado e pensa no futuro. A gente... quando eu penso na gente eu penso que gosto tanto que é isso! Esse é menor que os outro posts, mas de maneira alguma com menos amor ou com menos orgulho DA GENTE!

Monday, 14 April 2014

Ele usava jeans, all star surrado, camiseta branca e suspensório. Ela não tinha prestado muita atenção nele, até então. Nesse dia ela não só prestou atenção nele, no que ele falava enquanto eles mantinham uma conversa paralela as conversas que rolavam na mesa, ela começou a stalkear ele antes na noite acabar. Alguns dias depois ela pediu para um conhecido chamá-lo para uma festa, uma em que ela só procurasse alguém com quem pudesse conversar. E ele veio. Veio não só com a conversa, veio com música... simplesmente veio. E ela não deixou mais ele ir embora, ela convidou ele pra dormir no sofá da sala da casa dela, não porque ela queria alguma coisa ele, afinal ela só gostava da conversa, mas porque ele já não tinha como ir para casa naquele horário. Ele foi, ela emprestou para ele dormir uma camiseta uns 4 números menor que ele e eles ficaram mais um bom tempo falando em sussros na sala. Até que uma hora ele tentou beijá-la. Ela virou o rosto. Ele não se intimidou e insistiu, ela retribuiu. Daqui 3 dias faz quatro anos desse beijo.... QUATRO FUCKING HAPPY YEARS!

Thursday, 30 January 2014

Menina magrelinha aguardava o onibus sair quando entrou um simpatico senhor de chapéu. Ela, educamente ofereceu seu lugar para ele sentar e ele mais educadamente ainda recusou e disse que preferia ir no fundo, em pé. Desejaram bom dia um ao outro e quando menina magrelinha achou que fosse passar a viagem sozinha, o simpatico senhor de chapeu começou a contar uma história. "Eu conheci minha namorada em 15 de julho de 1951. Ela era linda, ainda é. Estava com um amigo que me perguntou se eu iria conversar com ela, eu disse que não, eu iria casar com ela. Foi assim, eu já sabia na primeira vez que a vi. Começamos a namorar, ai no dia que fui levar ela em casa pros meus pais conhecerem tive uma surpresa. Meu pai aue nunca me falou nada dessa coisas de namoro (mas pra mim não precisava, eu não dava trabalho como meus irmãos) falou bem baixinho na minha orelha: onde vc arrumou uma namorada tão bonita? E eu só ri. Namoramos 4 anos e meio, ai um dia a irmã dela perguntou se eu tinha proibido ela de alguma coisa. Mas nunca proibi de nada pq está tudo aqui, e apontou pra cabeça. Sabe como é né minha jovem, naquela epoca as pessoas proibiam umas as outras, mas eu não, pq está tudo aqui (e mais uma vez apontou para a cabeça). Nesses 4 anos e meio viajamos o Braisl todo! Uma vez fomos num show e eu conhecia o cantor. Sabe aquela música Fascinação? Ele cantou pra ela depois do intervalo, falou que eu que ofereci, ela até chorou. Depois disso há 20 anos todo aniversário dela eu contrato um conjunto pra fazer uma serenata pra ela. Desde o primeiro dia eu a chamo de flor, pq ela é uma flor, tão linda! Hj eu chego em casa e qd não a vejo logo de cara grito: cade minha flor?? Ela sempre responde." E menina magrelinha teve que descer do onibus mas ficaria o dia todo ouvindo o simpatico senhor de chapéu. Ele se despediu da minha magrelinha desejando a ela um extraordinario dia! Ela retribiu os votos e espera encontrar mais vezes esse ou outros senhores simpaticos com suas lindas historias de amor.

Wednesday, 22 January 2014

Enquanto menina magrelinha se "esconde" na cabine do banheiro..

Tenho que descobrir se ele está me traindo mesmo ou não, disse a traida. Acho que você, além de descobrir se ele está te traindo, tem que descobrir quem é que vai em cima de quem, Disse a amiga 1. É porque é super importante saber quem começou. Como você vai fazer, disse a amiga 2. Depois de ouvir esse dialogo menina magrelinha ficou alguns mituos na cabine do banheiro para ouvir o resto da história. Traida: não, pq ele ta me traindo eu sei. Agora quero descobrir se é na rua ou em casa e quem foi que começou. Amiga 1: acho díficil ser em casa. Amiga 2: ué, mas se ele está sem trabalhar e fica o dia todo em casa, enquanto a traida está no trabalho pq não? Ele nem tem dinheiro pra fazer nada na rua. Traida: então, preciso de um jeito para descobrir Amiga 1: acho que vc tem que chamar a periguete para a sua casa, já que ela vai na sua casa mesmo (cara de pau) ai vc fica sabendo quem é que vai par cima de quem. Amiga 2: ahhh, e como ela vai fazer isso? vc acha.... na frente dela eles não vão fazer nada. vc é tonta? Amiga 1: claro que vão... eles são sem vergonha. Traida: eu posso chegar mais tarde que o combinado ou deixar os dois sozinhos várias vezes e ficar espiando Amiga 1: é uma boa mas se alguém ver... Amiga 2: vc tem ideia melhor? eu acho essa uma boa, é só pra saber quem vai pra cima de quem Traida: eu acho que é ela, ela é mto sem vergonha Amiga 2: vc fala isso pq ele não presta mais vc gosta. Fica sustentando o cara em casa sabendo que ele come outra. Traida: é... não... são muitos anos.. mas ela sempre foi sem vergonha, lembra do caso com o vizinho? Amiga 1: é verdade mas, como vai ser o plano. Traida: é... acho que vou fazer isso pra descobrir quem é que vai pra cima de quem e depois tento pegar no pulo. Amiga 1: boa, se precisar consigo um atestado. Ele vao achar que vc tá no trabalho ai vc chega e... Amiga 2: e vai ser qd? to nervosa.. se quiser vou na sua casa também Traida: ainda não sei mas vamos voltar se não vão perceber que saimos faz tempo, depois a gnt conversa. Vou pensar nos detalhes. Elas foram embora, menina magrelinha enfim saiu da cabinee agora está curiosa para saber não só detalhes, mas tbém que vai pra cima de quem e se ela é traida mesmo.

Saturday, 28 September 2013

Um tal de Sebastião Salgado

Sexta-feira, menina magrelinha recebe uma mensagem de sua amiga japonesa para ir tomar um suco de cevada depois do trabalho. Menina magrelinha convida a amiga para ir ver as fotos de um tal de Sebastião Salgado, lá na zl. No fim do dia, as duas se encontram na estação de trem da cidade onde trabalham e a amiga japonesa pergunta pra menina magrelinha como elas vão chegar lá. Menima magrelinha responde: fácil, vamos até a linha amarela e pegamos a vermelha! Amiga japonesa concordou e só comentou: vc quer mesmo ir até a zl numa sexta as 6 da tarde? E lá foram as duas... Na metade do caminho pra chegar na tal linha amarela amiga japonesa fala: - como a gente é cabeçuda! Se a gente tivesse ido de trem até o Braz, a gente ia andar SÓ duas estações na linha vermelha!!! Mas elas continuaram. Na linha vermelha elas descobriram como é ser sardinha enlatada. Mas elas foram rindo o caminho todo! Até quando numa das paradas do trem a amiga japonesa bateu com a testa na barra de segurança!
E elas chegaram na exposição de fotos! Adoraram, tiraram fotos, comentaram as fotos do tal Sebastião Salgado e foram depois tomar o suco de cevada. Ai, amiga japonesa de menina magrelinha resolve contar pro seu marido fotografo que estava numa exposição de fotos e manda uma foto de uma das fotos da exposição! Olha que lindo, vida. Fui com a menina magrelinha ver a exposição de um tal de Sebastião Salgado. Japonesa, vc já foi antes comigo numa exposição desse tal de Sebastião Salgado, lembra? ???? Lembro vida, claro! :/ Não, ela não lembra!!! Duas horas de depois a amiga japonesa estava contando que tinha ido ver um tal de Jorge...
A exposição do tal de Sebastião Salgado está no Sesc Belenzinho e vale MTO a pena ir ver.